Mundo do trabalho

MP de Bolsonaro suspende contrato de trabalho por 4 meses

Jornal Folha de São Paulo de 23/03/2020:

Empresa será obrigada a dar curso online, sem pagar salário, e não haverá bolsa-qualificação com recursos do FAT, diz advogada.

*

Leia a matéria na íntegra AQUI. 

*

Já não conseguia dormir. Chorei ao ler. Não por mim. Mas por saber que milhares de pessoas ficarão sem seus salários com essa MP decretada, justamente num período em que mais necessitarão.

Chorei porque agora se saberá o real peso do que significa a tal negociação individual do empregado com o empregador e a tragédia representada no negociado acima do legislado.

Chorei porque já neste momento outras dezenas de milhares de pessoas vivem no desamparo do desemprego e da informalidade, do trabalho autônomo, da pejotização, todas elas aprofundadas e agravadas pela reforma da legislação trabalhista e outras vivem no absoluto abandono, nas ruas…

Chorei por lembrar que a reforma da previdência sangrou ainda mais o SUS. Por lembrar que há pouco nós servidores públicos fomos chamados de vagabundos, parasitas e, mesmo diante do óbvio, tem gente que, cega de ódio, não compreende a importância que tem um Sistema Público de Saúde e a garantia de qualidade e estruturação do serviço público.

Chorei por lembrar que a PEC 241 congelou investimentos sociais por 20 anos para garantir pagamento de juros de dívidas a banqueiros, e que mesmo diante do caos causado por estas políticas, o governo ainda propõe repassar mais de 160 bilhões para os banqueiros, deixando ainda mais desamparados os trabalhadores, os pequenos comerciantes, as pessoas que vivem e dependem do próprio trabalho.

Chorei por lembrar que, por puro capricho
Ideológico, Bolsonaro acabou com o Programa Mais Médicos, diminuindo drasticamente a quantidade de médicos disponíveis e humilhando publicamente profissionais da medicina só por causa de sua origem e nacionalidade.

Chorei porque o desemprego já afeta milhares de pessoas e há uma projeção de quadruplicar o número oficial de desemprego atual, e ao invés de tomar providências efetivas, o presidente e seus asseclas fazem discurso lavando as mãos, minimizando a crise e tentando se eximir da responsabilidade que tem pela crise econômica que já existia e por seu aprofundamento, que ocorrerá por conta das políticas econômicas neoliberais adotadas por esse governo.

E não me venham falar do dinheiro que deixou de ser investido em hospitais construindo estádios para a copa do mundo!

Não me venham com historinhas para passar pano porque vocês, que defendem esse governo e batem no peito para falar de copa do mundo, estavam nos estádios curtindo os jogos ou em suas casas torcendo, pagando de “patriotas” com suas camisetas da CBF, enquanto tinha gente levando porrada e sendo presa por protestar contra a organização da copa.

Vocês não se importaram antes! Não se importam agora! Só estão sendo oportunistas.

Não me venham sequer se manifestar neste post, porque estarão apenas assinando o atestado de hipócritas, covardes, oportunistas e fanatizados que são.

Ps: aos colegas servidores públicos, apesar de se tratar de MP relativa aos trabalhadores de empresas privadas, foram decretadas medidas que – não se iludam! – poderão ser adotadas para os trabalhadores públicos.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s