Contos, crônicas, poesias & afins

Deixo

Deixo isso pra lá;
coloco aqui, ali, acolá.
Espezinho e mudo o caminho,
distraio o pensar
salgando o corpo no imaginário
mar;

Deixo isso, deixo aquilo...
Deixo tanto
que já nem sei quanto
me deixei pelo ladrilho.

[M.S.]

Categorias:Contos, crônicas, poesias & afins

Marcado como:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s